Categorias

  • Categorias
  • Pipes
  • Vidros
  • Silicones
  • Metal
  • Acessórios
  • Vidro
  • Cases
  • Trituradores
  • Incensos
  • Isqueiros
  • Bongs
  • Acrílico
  • Silicone
  • Vidro
  • Extras
  • Kits
  • Limpeza
  • Piteiras
  • Filtros
  • Papel
  • Silicone
  • Vidro
  • Display
  • Sedas
  • King Size
  • Mini Size
  • Rolo
  • Blunts
  • Display
  • Silicones
  • Display
  • Bandeja
  • Slick
  • Cinzeiros
  • Triturador
  • Cachimbo
  • Bong
  • Piteira
  • Cuia
  • Vestuário
  • Bonés
  • Cordões
  • Feminino
  • Masculino
  • Aromatizadores
  • Incensos
  • Spray
  • 4 dicas para trabalhar no mercado de Cannabis

    4 dicas para trabalhar no mercado de Cannabis

    Com o avanço da legalização da Cannabis, não param de surgir oportunidades para quem quer realizar o sonho de trabalhar com a planta. E o melhor de tudo é que ele não está mais tão distante. Cada vez mais pessoas de diferentes áreas estão tendo o privilégio de trabalhar com a erva onde ela já está regularizada e com produtos relacionados à ela em outros locais, como no próprio Brasil.


    Afinal de contas, empresas como a Ultra420, a Bem Bolado, e tantas outras headshops, marcas da seda, de bongs, de piteiras, e outras que fazem o mercado canábico brasileiro têm toda uma equipe e estrutura com profissionais de diferentes áreas. Por isso, trabalhar com Cannabis está bem mais acessível com o mercado exigindo pessoas de vários setores.


    Confira 4 dicas da Ultra420 para trabalhar com Cannabis.


    1. Entenda sobre a planta e o mercado


    Mesmo que não vá trabalhar efetivamente com ela, já que a Cannabis ainda é proibida no Brasil, é sempre importante conhecer sobre ela, pois vai ajudar a arrumar uma vaga inclusive em locais legalizados. E também porque conhecendo ela é possível conhecer o público, que é o cliente quando se trabalha com Cannabis, e sem dúvidas isso é fundamental.


    2. Seja muito bom na sua área


    Como falamos acima, empresas do mercado de Cannabis precisam de profissionais de marketing, de recursos humanos, de contabilidade, de limpeza geral, e de muitas outras áreas além dos tradicionais empregos de cultivador, trimmer, budtender, e outros da indústria cannabica legal.


    Isso significa que para trabalhar com empresas do ramo é preciso ser bom na sua área, pois é o que exige esse e qualquer outro mercado. Melhor ainda se você for bom e aplicar essas habilidades em ganhos para a empresa cannábica.


    3. Se relacione com marcas e com quem já trabalha com Cannabis


    Networking é sempre importante. Se apresente, fale sobre seu trabalho, especialidades e como pode vir a ajudar a empresa ou marca cannábica em algum momento. Se relacione, através do Linkedin ou outras redes sociais, com profissionais que já atuam na área para se inspirar e saber como trabalham.


    4. Empreenda


    Essa não é uma possibilidade para todos que querem trabalhar  com Cannabis, mas certamente é uma das melhores maneiras de fazer a própria ideia sair do papel. Se for uma ideia lucrativa relacionada à planta então, sem dúvidas vale a pena empreender se tiver a grana disponível e o sonho de trabalhar por conta própria e com a planta. Estude bem o mercado antes, avalie tudo e se arrisque!

    Incluir comentário

    Você precisa fazer login par comentar. se você não é cadastrado, voce pode clicar aqui primeiro e registrar-se gratuitamente!

    Desenvolvido por TD12
    Ultra420 - A Primeira Head Shop do Brasil © 2020