Categorias

  • Categorias
  • Pipes
  • Vidros
  • Silicones
  • Metal
  • Acessórios
  • Vidro
  • Cases
  • Trituradores
  • Incensos
  • Isqueiros
  • Bongs
  • Acrílico
  • Silicone
  • Vidro
  • Extras
  • Kits
  • Limpeza
  • Piteiras
  • Filtros
  • Papel
  • Silicone
  • Vidro
  • Display
  • Sedas
  • King Size
  • Mini Size
  • Rolo
  • Blunts
  • Display
  • Silicones
  • Display
  • Bandeja
  • Slick
  • Cinzeiros
  • Triturador
  • Cachimbo
  • Bong
  • Piteira
  • Cuia
  • Vestuário
  • Bonés
  • Cordões
  • Feminino
  • Masculino
  • Aromatizadores
  • Incensos
  • Spray
  • Pesquisadores de Israel criam Cannabis com maior poder medicinal

    Pesquisadores de Israel criam Cannabis com maior poder medicinal

    Israel é um país que detém grande importância  na história da Cannabis. Foi lá que o químico israelense Rapahel Mechoulam conseguiu isolar e descobrir pela primeira vez o THC e também o CBD, na década de 60.

    E as pesquisas científicas com a Cannabis seguem até hoje em Israel. Recentemente, pesquisadores foram notícia ao falar sobre a criação de uma nova genética, com maior poder medicinal.


    Não é nenhuma novidade que existem strains (genéticas) que possuem mais THC e outras com mais CBD. Os dois canabinóides são medicinais, porém cada um pode funcionar melhor para determinadas doenças ou problemas.


    Agora, essa nova geração de pesquisadores da Universidade Hebraica de Jerusalém conseguiu aumentar o nível de THC em quase 17% e o nível de CBG, outro canabinóide importante, em 25%. 


    Eles também alcançaram proporção maior de terpenos, responsáveis ​​por maximizar os efeitos eufóricos da cannabis em 20% a 30%.


    O negócio é uma doideira, de fato, porque é totalmente diferente de fazer cruzamentos entre plantas, como fazem os geneticistas que criam novas genéticas. Isso foi tudo feito em laboratório.


    Resumidamente, o objetivo final era encontrar uma maneira de intervir nas vias bioquímicas da planta de Cannabis para aumentar ou diminuir a produção de substâncias ativas. Para isso, os pesquisadores manipularam um vírus à base de plantas que havia sido neutralizado pela primeira vez. 


    Esse vírus foi influenciado, através dessa manipulação, a expressar os genes que influenciam a produção de substâncias ativas. Depois disso, foram desenvolvidas tecnologias para projetar e facilitar reações químicas no vírus que aumentassem as substâncias desejadas, no caso THC, CBD ou CBG. 


    Na notícia publicada no The Jerusalem Post, os pesquisadores afirmam que tal descoberta poderá inovar as formas de tratamento com a Cannabis, tornando-os mais assertivos para cada caso.

    Incluir comentário

    Você precisa fazer login par comentar. se você não é cadastrado, voce pode clicar aqui primeiro e registrar-se gratuitamente!

    Desenvolvido por TD12
    Ultra420 - A Primeira Head Shop do Brasil © 2022