Categorias

  • Categorias
  • Pipes
  • Vidros
  • Silicones
  • Metal
  • Acessórios
  • Vidro
  • Cases
  • Trituradores
  • Incensos
  • Isqueiros
  • Bongs
  • Acrílico
  • Silicone
  • Vidro
  • Extras
  • Kits
  • Limpeza
  • Piteiras
  • Filtros
  • Papel
  • Silicone
  • Vidro
  • Sedas
  • King Size
  • Mini Size
  • Rolo
  • Blunts
  • Silicones
  • Bandeja
  • Slick
  • Cinzeiros
  • Triturador
  • Cachimbo
  • Bong
  • Piteira
  • Cuia
  • Vestuário
  • Bonés
  • Cordões
  • Feminino
  • Masculino
  • Aromatizadores
  • Incensos
  • Spray
  • Dirigir após se medicar com CBD é seguro?

    Dirigir após se medicar com CBD é seguro?

    Embora seja uma das substâncias mais abundantes na Cannabis, juntamente com o famoso THC, o Canabidiol ou CBD, é conhecido justamente por não ter os mesmos efeitos psicoativos. Por conta disso é utilizado para fins medicinais e seu óleo é receitado e responsável por aliviar dores e problemas até mesmo de crianças. Porém, mesmo sabendo disso, será mesmo que dirigir após se medicar com CBD é seguro? 


    Afinal, embora não dê “onda”, o óleo de CBD consegue acabar quase que instantaneamente com convulsões, tremores do Parkinson, dores reumáticas, e outros diversos problemas, o que mostra todo seu potencial relaxante e quase anestésico. 


    Estudos recentes estão comprovando que dirigir sob efeitos de THC pode ser perigoso, e isso tem feito que países que estão regularizando a erva aprovem legislações cada vez mais rigorosas para essa combinação. Porém, o mesmo não tem acontecido com o CBD, que não é considerada uma molécula psicoativa. 


    O CBD no cérebro e na direção


    Embora não seja psicoativo oficialmente, o CBD interage fortemente com o nosso cérebro, além de provocar o relaxamento característico e responsável por aliviar tensões, estresse, e dores nos casos de doenças. Isso significa que mesmo não sendo THC, o CBD interage com o nosso sistema endocanabinóide, que já foi assunto aqui no blog


    Isso significa que o CBD pode afetar os receptores de serotonina alterando o humor, podendo diminuir a ansiedade, trazendo clareza e calma, efeitos muito semelhantes aos do THC. Logo, teoricamente dirigir após se medicar com CBD pode não ser seguro. 




    Além disso, a maioria dos óleos de CBD contém pequenas e quase imperceptíveis  quantidades de THC, mas que combinadas com uma alta dosagem de CBD, especialmente para quem não é usuário cotidiano, podem ser ainda mais perigosas ao dirigir. Os efeitos colaterais do CBD tendem a ser baixíssimos, mas podem existir e ser semelhantes ao de quem tem a primeira viagem forte de Cannabis, por exemplo. 


    Ter consciência quando o assunto é substâncias psicoativas e direção é essencial para não colocar a sua vida e a dos outros em risco. Hoje em dia tem Uber, metrô, Bike. Dá pra curtir a brisa ou se medicar sem enfrentar trânsito.

    Incluir comentário

    Você precisa fazer login par comentar. se você não é cadastrado, voce pode clicar aqui primeiro e registrar-se gratuitamente!

    Desenvolvido por TD12
    Ultra420 - A Primeira Head Shop do Brasil © 2019