Categorias

  • Categorias
  • Pipes
  • Vidros
  • Silicones
  • Metal
  • Acessórios
  • Vidro
  • Cases
  • Trituradores
  • Incensos
  • Isqueiros
  • Bongs
  • Acrílico
  • Silicone
  • Vidro
  • Extras
  • Kits
  • Limpeza
  • Piteiras
  • Filtros
  • Papel
  • Silicone
  • Vidro
  • Sedas
  • King Size
  • Mini Size
  • Rolo
  • Blunts
  • Silicones
  • Bandeja
  • Slick
  • Cinzeiros
  • Triturador
  • Cachimbo
  • Bong
  • Piteira
  • Cuia
  • Vestuário
  • Bonés
  • Cordões
  • Feminino
  • Masculino
  • Aromatizadores
  • Incensos
  • Spray
  • Cannabis e HIV/AIDS. Qual a relação?

    Cannabis e HIV/AIDS. Qual a relação?

    As pessoas que vivem com HIV / AIDS sofrem de um sistema imunológico enfraquecido, tornando-os muito mais suscetíveis a infecções. Os pacientes são frequentemente tratados com medicamentos anti-retrovirais que podem ajudá-los a viver mais tempo, mas não curar o vírus. Leafly informa que quase um em cada três pacientes com HIV / AIDS usa Cannabis para tratar dor, náuseas, perda de apetite, síndrome de desperdício e declínio emocional. A Cannabis não só consegue ajudar nesses sintomas debilitantes e com os efeitos colaterais indesejados da medicação, como também pode ajudar a combater o próprio HIV.

     

    Os anti-retrovirais visam reduzir o número de partículas de vírus HIV nos pacientes. Este número, também conhecido como a carga viral do paciente, é fundamental para o acompanhamento da progressão da doença. Um estudo publicado na revista AIDS Research and Human Retroviruses descobriu que o THC, um dos principais componentes da planta, pode realmente baixar esses níveis e prolongar a sobrevivência. Quando a Cannabis é consumida, os canabinóides ativam os receptores localizados em todo o corpo. Um estudo de 2012 descobriu que a ativação do receptor CB2 diminuiu a capacidade do HIV para infectar células específicas, reduzindo a frequência de células infectadas em 30-60%.

    A dor nas mãos e nos pés é uma das complicações neurológicas mais comuns da infecção pelo HIV. Um estudo publicado pela PubMed descobriu que a Cannabis quando fumada pode aliviar em 34% a dor neuropática crônica dos pacientes. Além disso, a incrível fome que esta planta gera, mais conhecida como larica, também pode ajudar. Os pacientes com HIV / AIDS geralmente lutam com apetite e perda de peso. Um estudo publicado pela PubMed descobriu que 97% dos pacientes com HIV / AIDS relataram melhora do apetite após o uso de Cannabis.

     

    As respostas mais comuns aos anti-retrovirais incluem náuseas, vômitos, perda de apetite e perda de peso. De acordo com Leafly, cerca de um terço dos pacientes também experimentam dor associada ao anti-retrovirais. No entanto, um estudo JAIDS (Journal of Acquired Immune Deficiency Syndromes) descobriu que os pacientes que suplementaram seus medicamentos com cannabis foram 3.3 vezes mais propensos a continuar com o tratamento devido a efeitos secundários diminuídos.

     

     

     

     

     

     

    Julio de Almeida

     

    Químico em formação, curioso e estudante de Cannabis.

    Apaixonado pela gama de benefícios que a planta possui.

    Incluir comentário

    Você precisa fazer login par comentar. se você não é cadastrado, voce pode clicar aqui primeiro e registrar-se gratuitamente!

    Desenvolvido por TD12
    Ultra420 - A Primeira Head Shop do Brasil © 2019